Jornal de Opinião

São muitos os textos enviados para a Agência Ecclesia com pedido de publicação. De diferentes personalidades e contextos sociais e eclesiais, o seu conteúdo é exclusivamente da responsabilidade dos seus autores. São esses textos que aqui se publicam, sem que afectem critérios editoriais da Agência Ecclesia. Trata-se de um espaço de divulgação da opinião assinada e assumida, contribuindo para o debate de ideias, que a internet possibilita.

31/03/11

CAMINHO PASCAL

Subir ao Altíssimo nas cores do arco-íris,
ouvir o coração do Criador no meu,
contemplar a beleza da criação,
tomar consciência do meu lugar
entre as criaturas, como a única racional,
fazer com elas uma Aliança de culto
ao Deus único, Senhor do Céu e da Terra.

– E descer ao profundo mistério do deserto
onde nómadas, peregrinos, contemplativos,
penitentes e animais selvagens partilham
areias, sol, vento, estrelas, infinito e silêncio
na procura e seguimento do rumo e do sentido
lançados, à partida, pela Voz da Palavra:
«Arrependei-vos e acreditai no Evangelho.»

Com as terras incultas, os escravos libertados,
os animais soltos e as dívidas saldadas,
desapropriar-me de projectos, de futuro,
de poder económico, de garantias sociais,
de humanas certezas iludidas por cegueiras.

– E, seguindo outra Luz sem ocaso,
de olhos bem fitos numa Nova Terra,
acolher e proclamar a total gratuidade
na vida, na saúde, no amor, na fé e na paz.

Ser íntimo do Senhor no monte da oração.

– E manter o coração atento e disponível
ao grito dos oprimidos e ao seu Libertador,
pronto a fazer, em comunidade co-responsável,
a saída e passagem da casa da servidão
e o CAMINHO PASCAL até à Pátria da Liberdade
pela mão do Espírito que tudo renova cada dia.

Purificar a Vida e a Memória
nas fontes da Fé e da Tradição, na Escola
da Palavra, do Culto e da Caridade Social.

– E dispor-me à surpresa do Espírito
ateando um Lume novo para as noites da vida,
engrossando o grupo dos libertos em novo êxodo,
ouvindo a Lei, os Profetas, o Apóstolo e o Mestre,
mergulhando/renascendo nas Fontes da Salvação,
comungando a força do Vivente no Pão e no Vinho
com os famintos/sedentos de razões para Ser e Viver,
proclamando aos quatro ventos da História: Ele vive
e acompanha-nos em todos os caminhos!

LOPES MORGADO


0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial