Jornal de Opinião

São muitos os textos enviados para a Agência Ecclesia com pedido de publicação. De diferentes personalidades e contextos sociais e eclesiais, o seu conteúdo é exclusivamente da responsabilidade dos seus autores. São esses textos que aqui se publicam, sem que afectem critérios editoriais da Agência Ecclesia. Trata-se de um espaço de divulgação da opinião assinada e assumida, contribuindo para o debate de ideias, que a internet possibilita.

08/09/09

Ao Compasso do Tempo – Crónica de 04 de Setembro de 2009

Este “Ano Sacerdotal” é um período que olha o futuro sem medo. Não há pandemias nem asfixias… O Senhor do tempo não padece de limites. Mas este ciclo de revigoramento é uma página de memórias.
Em 28 de Agosto último (evoco igual dia de há dez anos, em que morreu D. António Francisco Marques, primeiro bispo de Santarém) faleceu no Hospital Militar do Porto o Padre João Ferreira Rodrigues, da diocese de Lamego e capelão militar do Centro de Tropas de Operações Especiais, da mesma cidade.
Deixou-nos, após longo calvário, sob o nome de leucemia.
Escondeu durante longos anos a enfermidade que o minava, e mesmo quando a confidenciou, “exibiu” uma cara prazenteira, acompanhado de uma Esperança sem dúvidas e de uma vontade indómita diante do combate. As dores não tinham que passar para os outros. Já lhe bastavam as que lhe caíram em sorte.
Entre pessimismos e desalentos de uma época singular do nosso país, o “ano sacerdotal”, com a morte deste sacerdote de cinquenta e um anos (também pároco de Valdigem) avoluma o álbum das nossas dívidas e garante-nos a comunhão.
O magnífico VI Simpósio do Clero de Portugal, ocorrido, em Fátima, do decurso desta semana, avivou tais certezas: não entraremos de olhos fechados no futuro. Levamos dentro de nós afectos e exemplos.

Lisboa, 4 de Setembro de 2009

Januário Torgal Mendes Ferreira
Bispo das Forças Armadas e de Segurança
http://castrense.ecclesia.pt

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial